Evento de Impacto

Fibra de vidro;

Dimensões variadas;

Reserva Adolfo Ducke - Manaus (BRA);

2018.

EVENTO DE IMPACTO 

 

As estruturas rígidas e opacas feitas em fibra de vidro, idealizadas para pender nos cipós das árvores e permanecerem soltas pelo chão da mata, é a concretização de um longo processo de manipulação de materiais e deslocamentos feitos na busca de uma experiência, literalmente, universal.

As cascas endurecidas e rochosas simulam a presença de um elemento espacial, de uma grande pedra que tenha realizado o percurso das estrelas e planetas. 

Invocar estas estruturas e falar de suas viagens pelo espaço infinito nos faz lembrar da própria origem de coisas extremamente familiares à nós, como a própria Lua, satélite que nasceu a partir de uma colisão entre corpos celestes no princípio da história da Terra.

No entanto, a concepção das estruturas que compõem Pontos de encontro está longe de ser um processo tão “natural” quanto a queda de um meteoro. E não por acidente.

De início, passamos pela criação de um positivo, formado por um esqueleto plástico, tecidos, adesivos para o enrijecimento. Camadas de fibra de vidro envolvendo esta estrutura conceberam um primeiro elemento e, a partir deste, foi possível a obtenção de várias estruturas praticamente idênticas, num processo manual que visa o múltiplo. 

A rigidez desses elementos passa longe da resistência de minerais como ferro e níquel, que compõem meteoros e meteoritos. No entanto, aqui surgem em referência a um fenômeno comum: o evento de impacto, ou, o encontro de asteroides e corpos celestes semelhantes com a Terra.

A esse ponto, devemos citar um contraste que é quase complementar, e é também o âmago deste projeto. O embate entre a manipulação manual dos elementos e a viagem universal da matéria faz parte da escrita de uma narrativa proposta por cada um dos cinco elementos deste trabalho. É como uma procura de uma experiência inatingível, explorar um ambiente inabitável por meios desconhecidos. É tentar fazer existir na inocência da natureza um elemento que é puro fruto da inventividade humana.

Ao mesmo tempo, é uma viagem que envolve não apenas deslocamentos entre corpos. O artista sai do seu habitat, com o objeto sobrevoa a um novo local e pousa na natureza que recebe a ambos. O objeto rígido e opaco guia uma discussão sobre história, matéria, eternidade. Fala sobre as possibilidades físicas por meios intelectuais, e vice-versa, referenciando um fenômeno tão velho quanto o tempo.

Evento de impacto é um projeto artístico que procura materializar discussões sobre deslocamentos, explorações materiais, impacto das ações humanas sobre e a própria ancestralidade do homem. 

img_1673.jpg
labverde_artistas_geraldo04.jpeg
img_1713.jpg